Conheça a marca e a fabrica da PETITE JOLIE (pequena bonita em francês):
 
São calçados feitos de PVC, sucesso de vendas no Brasil criado pela estilista já conhecida por trabalhos de sucesso na MELISSA e MIEZKO, A Petite Jolie é focada mais no público descontraído e alegre, mas que de tão delicados é confortáveis, nem parecem de plástico.

Antes nós pensávamos que sapatilhas de plástico eram apenas as da MELISSA, que por sinal são bem carinhas, Mas hoje em dia temos várias opções dessas sapatilhas e de vários preços, bem mais acessíveis aos vários tipos de bolsos.

A Petite Jolie fabrica e fornece Caçados Rasteiros, Sandálias, Sapatilhas e Scarpins e estão disponíveis nas numerações de 33 ao 39. Bem, quem já usou sabe que não dá pra resistir a sua variedade de cores e formas, e quem não usou....
 

Voltando aos sapatos, a Marca Petite Jolie denota. Amor, muito amor, puro amor à primeira vista. Os modelos da marca são claramente voltados ao público jovem, mas quem disse que a gente quer crescer quando o assunto é sandálias, sapatilhas ou scarpins? Modelos leves e divertidos e fresquinhos, ideais pra passeio ou trabalho em dias de verão. A empresa é cearense, portanto no quesito sapato para o verão nos entendemos.

Sabe o que conquistou nos modelos? Eles são completamente girlie. O romantismo dos modelos está expresso nos detalhes: flores e lacinhos mimosos. Tachinhas, apliques na forma de gatinhos e borboletas também enfeitam alguns modelos. Uma aposta da Petite Jolie para a próxima temporada é uma sandalia fresquíssima que mistura o plástico com uma amarradura em tecido. Quer ficar por dentro das novidades da marca?


 

Fabricas de Calçados em Fortaleza e no Estado do Ceará:

Especializado na fabricação de chinelos, sandálias e sapatos de plástico ou borracha, o Ceará é o terceiro maior pólo calçadista do Brasil, com 520 empresas. O Polo Calçadista do Cariri, formado pelas cidades de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha começou a se desenvolver a partir da criação, em 1997, do Sindicato das Indústrias de Calçados e Vestuário de Juazeiro do Norte e Região (Sindindústria) e da parceria firmada com o SEBRAE no Ceará. Hoje, a região sedia 250 fábricas. Além do Sindindústria e do Serviço Brasileiro de Atendimento às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) do Ceará, outros parceiros vêm contribuindo para o desenvolvimento das indústrias calçadistas do Cariri, como entidades de classe, Governos Estadual e Municipal, SENAI, Banco do Brasil e Banco do Nordeste. Um dos principais fatores competitivos do Estado é a posição geográfica dos portos do Pecém e de Mucuripe, que reduz o tempo de transporte dos produtos para os principais centros importadores, como Europa e Estados Unidos.

Pólo Calçadista e Fabricas de Calçados da Região do Cariri:

O Pólo Calçadista do Cariri concentra, hoje, 162 indústrias calçadistas do Estado do Ceará, aparecendo à frente, inclusive, de Fortaleza, que abriga 81 empresas deste setor. A produção é de 8,8 milhões de pares ano. De acordo com estimativas do Sindicato das Indústrias de Calçados e Vestuário de Juazeiro do Norte e Região (Sindindústria), outras 150 são unidades informais. Localiza-se na Região Sul do Estado, compreendendo os municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, tem forte característica da produção de sandálias microporosas e de placas de E.V.A. Já são encontrados outros elos como fabricantes de injetados, solados e embalagens. As grandes e médias empresas do Pólo, além do mercado nacional, já são exportadoras, enquanto as pequenas e micro empresas focam suas atividades nos mercados interno, regional e nacional. As empresas do Cariri produzem calçados masculinos, femininos e infantis, sendo que 80% da produção é de feminino, e 20%, respectivamente, masculino e infantis. Do calçado feminino, 80% é do tipo calçado aberto (sandálias) fabricadas com material sintético. As empresas que trabalham com couro fabricam calçados e bolsas de excelente qualidade. Também se produzem carteiras e bolsas masculinas e femininas e maletas para notebook. Do total de fábricas formais implantadas na região do Cariri, 150 são médias e pequenas empresas, nove são de porte médio e uma é classificada como grande empresa. São gerados 8,8 mil empregos, dos quais 4,2 mil vêm das médias e pequenas indústrias, 2.450 das fábricas de médio porte e 2.190 da unidade de grande porte. A produção da região é da ordem de 8,8 milhões de pares de calçados e mais 400 toneladas de produtos em borracha EVA. Oito das empresas instaladas no Cariri são exportadoras e contam com o apoio institucional da Comissão de Comércio Exterior (CCE Cariri). Juntas comercializaram, em 2005, US$ 6.244.942,00 no mercado internacional. Os produtos são vendidos para países como Estados Unidos, Espanha, França, Equador, Paraguai, Uruguai, Portugal, Itália, Bolívia, Argentina, Reino Unido e Grécia.

 

                       

Coleções Anteriores  -  Sindicato Calçadista  -  Notícias Petite Jolie

BUSCA POR CORES: Preto  -  Uva  -  Papaia  -  Branco  -  Rosa  -  Laranja  -  Oceano  -  Melancia  -  Sol

Principal  -  Nossa Produção  -  Coleção Rasteira  -  Coleção Sandálias  -  Coleção Sapatinhas  -  Coleção Scarpin  -  Pedidos  -  Contato